.
.
.
.
.
.

Sombras



Meu espírito é leve me traz paz, serenidade, compaixão, amor fraternal. Uma luz branca invade meu ser irradiando o que há de puro e belo, apagando o escuro, iluminando minha paz interior; bom me sentir assim.


Aprendi que não devo tentar esquecer o obscuro, ele também faz parte da formação do meu ser; em minha essência contém dor e amor, não se ama sem sentir dor, não se sabe o que é a dor sem ter vivido o amor. A sombra sempre o acompanhará enquanto houver luz para te iluminar. Onde já se viu algo sem sombra? Ela se deixa conhecer, então não ha ignore; viva suas sombras, aprenda a conviver com elas, compreenda-as, são inocentes; ame-as pois fazem parte do seu crescer. Lembre que ela é inerente ao ser, ela persegue o foco indicando onde a luz está direcionada. Sim, ela é privada de luz por causa da presença de um corpo opaco, é escuridão, trevas, um espectro, o seu fantasma; é um defeito, uma mancha, a nódoa. Ela existe e o realce, o maior brilho é você.
Raquel Marra

6 comentários:

ElmaCarneiro disse...

Alguns fatos obscuros e que fazem sombras no nosso presente só devem ser encarados como parte de uma experiência e não devemos mesmo ressaltar a presença desses fantasmas que tentam tomar formas reais nos nossos momentos presentes.

Fora assombração!!!! kkkkkkkk

Queremos ser leves e felizes.
Bjosss

Anônimo disse...

Que bonito!

Anônimo disse...

Fui eu quem falou "Que bonito!", viu? Esqueci de colocar o nome!

Anônimo disse...

De novo: Auricélia.

Raquel Marra disse...

Elma, como seu comentario foi importante, atravez deste gatilho deixado or voce, dei continuacao ao texto "Sombras", ali estao mais respostas do meu intimoseparando as sombras das assombracoes. Obrigada mais uma vez pela interacao em sua visita,isso que da movimento de sincronia ao blog, como voce mesma diz: isto e' "blogsfera". Bjo. Ate mais!
Att: descupe a falta de acentos, meu teclado esta desconfigurado. :(

Raquel Marra disse...

Auricelia, obrigada mais uma vez pela visita, e' prazeroso compartilhar pensamentos e ser correspondido. Bjos.

Postar um comentário